Notícias

Indaiatuba recebe Circuito Sesc de Artes dia 13 de abril no Parque Ecológico

  • Publicação: 02/04/2019 10:53h
  • Redator(es): Darlene Ribeiro
  • Release N.º: 208

Foto

Foto: Divulgação

No dia 13 de abril (sábado) Indaiatuba receberá mais uma vez o Circuito Sesc de Artes, com uma programação que aborda várias linguagens artísticas. Com o apoio da Prefeitura de Indaiatuba, o evento acontece na Concha Acústica do Parque Ecológico das 16h às 21h30. Serão oito diferentes atrações gratuitas envolvendo leitura, música, dança, artes e entretenimento para a garotada.

O Circuito Sesc de Artes é dividido em 14 roteiros que, em três semanas, percorrerão 121 cidades do interior, litoral, grande São Paulo e capital paulista. Realizado desde 2008, o evento tem como objetivo estimular a circulação e a difusão de trabalhos artísticos, inspirar diversos usos para os espaços públicos e ampliar as possibilidades de convivência. Confira a programação completa em Indaiatuba:

MEDIAÇÃO DE LEITURA COM A COR – AÇÃO CULTURAL – Os mediadores convidam o público a ter contato com livros e com a leitura. Ouvir histórias permite pensar e brincar com a imaginação literária. Os ouvintes ficam livres para elaborar suas ideias e compartilhá-las durante o encontro.

BOTICA POESIA - SERGIO VAZ E RENATO GAMA - O escritor e poeta Sergio Vaz se junta ao cantor e compositor Renato Gama para o show "Botica Poesia", com canções criadas a partir de poemas e textos inéditos do próprio Vaz, criador da Cooperativa Cultural da Periferia (Cooperifa) e agitador cultural da Zona Sul de São Paulo. Gama também é escritor, produtor, compositor de trilhas e pesquisador de musicoterapia, além de manter uma ligação com a música e a sonoridade das periferias paulistanas.

DJ HARU (SP) - Pesquisadora de territórios da música popular brasileira, africana, jamaicana e latino-americana, a DJ Haru promove, em seus sets, um cruzamento de artistas contemporâneos com ritmos, grooves e composições tradicionais, sempre buscando um ambiente dançante. Uma curiosidade é que ela se apresenta sempre com LPs e compactos de vinil, todos de seu acervo pessoal.

DESENHAÇO – DESENHAR É PARA TODOS – O público que passar pela oficina vai ter contato com diferentes atividades de desenho e receber orientação para praticar. Haverá observação tradicional para produção de retrato; desenho de acidente (construção de figuras a partir de manchas aleatórias no papel); sintetizar elementos do dia a dia para criar ícones; e desenhar bichos a partir de um círculo, um triângulo, um quadrado e uma massaroca.

MANÉ GOSTOSO - BALLET STAGIUM - O espetáculo homenageia Luiz Gonzaga ao fazer uma releitura da cultura popular do Nordeste com grandeza poética e bom humor. O grupo leva a dança para o público de todas as idades, em um universo lúdico, criativo e mágico, que resgata brincadeiras de infância com as canções do Rei do Baião. As coreografias dos bailarinos são inspiradas no boneco Mané Gostoso, que tem pernas e braços movimentados por cordões.

RABO DE GATO - Os artistas demonstram técnicas artesanais para produção de cordas, cordões e cadarços com lãs coloridas, os chamados rabos de gato, que poderão ser montados em tapetes, cachecóis, acessórios e peças decorativas. Com uma técnica fácil e divertida, as oficinas poderão receber participantes de todas as idades e sem experiência em atividades manuais.

MISTÉRIUS - FAMÍLIA BURG - Os palhaços Gonçalvez e Sobolha querem ser levados a sério por seu talento para mágica e hipnose, mas acabam oferecendo ao público um momento de muito humor. O espetáculo da Família Burg tem base na palhaçaria clássica, nas técnicas de picadeiro e na mágica, com música e intensa participação do público.

SET NA PRAÇA - O público vai ver como funcionam os bastidores de uma filmagem e experimentar algumas funções na produção de uma cena. O set contará com cadeira de diretor, iluminação, câmera, monitor, travelling (câmera em deslocamento), microfone, camarim e objetos de arte. Além de estimular os participantes a conhecer mais do universo da TV e do cinema, que tanto encantamento provoca, a proposta é valorizar atitudes de trabalho coletivo.


Notícias relacionadas