Relações Institucionais

 

Notícias

Vigilância Sanitária autua comércio por venda de bebida clandestina e suspeita de falsificação

Proprietário tem 10 dias para realizar a defesa e multa pode chegar a R$ 6 mil
16/09/2022 11:11h


Foto: Divulgação RIC/PMI
Foto

Vigilância Sanitária autua estabelecimento pela venda de bebida clandestina e suspeita de falsificação

O departamento de Vigilância Sanitária de Indaiatuba autuou na última quarta-feira (14), um estabelecimento no Jardim Califórnia pela venda de bebida clandestina e suspeita de falsificação. A ação foi em conjunto com a Polícia Civil-SP e tinha o objetivo de apreender os produtos que poderiam causar risco à saúde pública.

Foram apreendidos pela Vigilância 53 galões de 5 litros cada de bebidas clandestinas e aquelas com suspeita de falsificação foram recolhidas pela Polícia Civil-SP para investigação. O estabelecimento foi autuado, o proprietário tem o prazo de 10 dias para realizar a defesa e a multa pode chegar em até R$ 6 mil.

A bebida adulterada é produzida sem o mínimo controle, utilizando ingredientes inadequados e proibidos para consumo humano. O resultado é uma bebida de baixíssima qualidade, sem qualquer padrão, mal acondicionada e sem rastreabilidade, vendida a preços baixos que atraem o consumidor. Pesam ainda contra esse tipo de bebida questões relacionadas à produção. Os poucos estudos disponíveis sobre o assunto indicam a presença de componentes nocivos à saúde em muitas delas. Uma dessas substâncias tóxicas é o metanol, tipo de álcool improprio para o consumo humano, que aumenta a mortalidade e morbidade do álcool ilegal.

Essas substâncias tóxicas são responsáveis por dores de cabeça e crises renais em curto prazo e, se ingeridas em grandes quantidades, podem causar cegueira e, em casos extremos, até a morte. O alto teor alcoólico dessas bebidas afeta principalmente o fígado, podendo sobrecarregá-lo. Se o consumo for contínuo, pode levar rapidamente à cirrose. Soma-se ainda o risco de contaminações pela falta de higiene no manejo destes produtos.

A Vigilância Sanitária de Indaiatuba conta com a colaboração da população para que as pessoas realizem denúncias de estabelecimentos que possam estar oferecendo risco à saúde da comunidade.

WhatsApp da Prefeitura de Indaiatuba (19) 99773-4701

 

  • Redator(es): Gabriel Beccari
  • Release N.º: 886

Notícias relacionadas

Av. Eng. Fábio Roberto Barnabé, 2800 - M.D. - CEP: 13331-900
Telefones: (19)3834-9000 / 0800-770-7702

© Prefeitura Municipal de Indaiatuba