Relações Institucionais

 

Notícias

Campanha de Conscientização contra Tuberculose acontece em Indaiatuba até 26 de setembro

Ação tem o objetivo de realizar busca ativa de casos da doença entre os pacientes na saúde pública
13/09/2022 15:53h


Foto: Eliandro Figueira RIC/PMI
Foto

Campanha de conscientização contra Tuberculose segue em Indaiatuba até 26 de setembro

Desde a última segunda-feira (12), a Secretaria de Saúde de Indaiatuba aderiu à recomendação do Programa Estadual de Controle da Tuberculose, à Campanha de Intensificação da Busca Ativa de casos de Tuberculose, de 12 a 26 de setembro. O objetivo é mapear possíveis casos da doença para o tratamento precoce.

Neste período, todas as unidades de saúde irão aplicar um questionário aos pacientes, buscando identificar indivíduos que tenham queixa de tosse há mais de três semanas, além de investigar 5% da população SUS dependente (conforme diretriz preconizada pelo Ministério da Saúde para a Campanha de Busca Ativa da Tuberculose).

Após o período da Campanha, todas as unidades deverão encaminhar os questionários ao Programa Municipal de Controle da Tuberculose, para o relatório de dados e a programação de ações.

Desde 2018, Indaiatuba vem registrando uma média de 55 casos de tuberculose por ano. Em 2018 foram 60 registros, em 2019, 57, 2020, 48 e 2021, 54. Os dados de 2022 ainda não estão disponíveis para análise.

Uma ação na Praça Dom Pedro também fará parte da Campanha de Conscientização contra Tuberculose em 23 de setembro, das 9h às 12h, também para a aplicação dos questionários para a população, afim de identificar possíveis casos de pessoas com relatos semelhantes à doença.

Tuberculose

A tuberculose é uma infecção causada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis, popularmente conhecida como bacilo de Koch (BK), que entra no organismo pelas vias aéreas superiores, por meio da inalação de gotículas de saliva ou secreções nasais liberadas quando uma pessoa infectada tosse, espirra ou fala. 

A tuberculose afeta principalmente os pulmões, levando ao surgimento de tosse seca e com sangue, dor no peito e dificuldade para respirar, mas também pode afetar outros órgãos, como rins, ossos ou cérebro, por exemplo, resultando em sintomas como dor nos ossos, sangue na urina ou dor de cabeça.

É importante buscar por atendimento médico nas unidades de saúde assim que surgem os primeiros sintomas sugestivos de tuberculose, pois assim é possível iniciar o tratamento precoce.

Sintomas

Tosse com ou sem sangue;

Tosse persistente, por mais de 3 semanas;

Perda de peso sem motivo aparente;

Dor no peito ao tossir ou respirar;

Dificuldade respiratória;

Cansaço excessivo;

Febre baixa;

Calafrios;

Suor noturno.

Esses sintomas são mais comuns quando a bactéria se desenvolve nos pulmões. 

Além disso, quando a bactéria desenvolve-se em outros órgãos, como rins, cérebro ou coluna, é possível que surjam outros sintomas como inchaço no local em que a bactéria está instalada, dor nas costas ou presença de sangue na urina

Ao aparecimento de qualquer sintoma, uma unidade de saúde deve ser procurada, de segunda a sexta, das 8h às 17h, exceto feriados. Aos finais de semana e feriados, os serviços de urgência e emergência do Haoc e da Upa estão disponíveis 24 horas por dia.

  • Redator(es): Gabriel Beccari
  • Release N.º: 868

Notícias relacionadas

Av. Eng. Fábio Roberto Barnabé, 2800 - M.D. - CEP: 13331-900
Telefones: (19)3834-9000 / 0800-770-7702

© Prefeitura Municipal de Indaiatuba