Relações Institucionais

 

Notícias

Administração Municipal ressalta em balanço o investimento de mais de R$ 60 milhões na Educação

  • Publicação: 20/12/2021 10:38h
  • Redator(es): Renata Lippi A. Lemuchi
  • Release N.º: 1545

Foto

Foto: Arquivo - Leonardo Cruz - PMI

A Administração Municipal promoveu em 2021 uma reformulação nas salas de aula da Rede Municipal de Ensino. O investimento superou R$ 60 milhões, que incluíram a implementação de diversas ferramentas tecnológicas, tais como: notebooks para os professores, tablet com internet para os alunos e kit com projetor interativo, lousa digital e computador com internet. Também foram comprados climatizadores para proporcionar um ambiente mais confortável para as crianças e servidores. Neste ano a Secretaria de Educação ainda adquiriu o Sistema Sesi de Ensino e contratou a formação Transformação Digital Google For Education para os professores.

O prefeito Nilson Gaspar destacou que apesar das dificuldades impostas pelo distanciamento por conta da pandemia de Covid-19, foi um ano com grandes desafios, mas também de superação. “Para superar tudo o que passamos durante a pandemia, fizemos um alto investimento na Educação, que deve ficar em torno de 28% do nosso orçamento. Vamos usar a tecnologia na sala de aula e preparar nosso corpo docente para essa nova fase. Também adquirimos o Sistema Sesi para nossos alunos. Não vamos medir esforços para recuperar e manter nossa Educação entre as melhores do país”, declarou.

O secretário de Educação, Heleno Luiz Junior, explica que essa geração já nasceu na era digital e temos que usar essa tendência para aprimorar a maneira do ensinar e do aprender. “Esses alunos, desde muito cedo, estão acostumados com a interatividade, e é dessa que se comunicam e interagem. Com isso precisamos modernizar o processo do ensino – aprendizagem. Essas ferramentas tecnológicas associadas as constantes formações para os docentes, vão contribuir para a transmissão do ensino pelo professor e consolidar o aprendizado pelo aluno. Desta maneira vamos intensificar e melhorar ainda mais a qualidade da Educação Municipal de Indaiatuba”, concluiu o secretário.

Notebook para os professores

A Secretaria de Educação de Indaiatuba está substituindo 1.300 notebooks para os professores da Rede Municipal de Ensino. O investimento da ação é de 10 milhões e tem previsão para conclusão em meados de 2022.

Climatizares

A Secretaria de Educação de Indaiatuba está instalando aproximadamente 400 climatizares em todas as salas do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental I. A iniciativa visa proporcionar mais conforto para os alunos e professores, já que o clima no município é quente na maior parte do ano. O investimento total é de R$ 3.607.041,00 e a previsão da conclusão do serviço é para o primeiro semestre de 2022. Já está em processo licitatório a compra de mais 180 aparelhos para atender as salas da Etapa I e II.

Google For Education – Treinamento para os professores

A Secretaria de Educação de Indaiatuba lançou no mês de outubro o Programa de Transformação Digital Google For Education. A ação visa capacitar os profissionais da Rede Municipal de Ensino para a utilização de recursos tecnológicos como mais uma ferramenta para reforçar e ampliar o processo de aprendizagem dos alunos. Foram investidos mais de R$ 2 milhões na formação que prevê 110 horas de curso e contemplará 1.300 servidores.

Sistema Sesi de Ensino

A partir de 2022 a Secretaria de Educação de Indaiatuba implantará o Sistema Sesi de Ensino para os alunos da Educação Infantil (Etapas I e II) e Ensino Fundamental I (1º ao 5º ano). Com investimento de R$ 4.399.704,26 o convênio beneficiará mais de 20 mil alunos com o material didático e ainda prevê 494 horas de capacitação presencial e on-line para professores, gestores e técnicos das 44 unidades escolares envolvidas na parceria.

Kit Projetor interativo, lousa digital e computador com internet

Já estão sendo instalados kits com projetores, lousa branca e computador com internet em todas as salas de aula do Fundamental I e Etapas I e II. Com estas ferramentas os professores conseguirão contar com a interatividade para ministrar suas aulas. Por meio dos elementos audiovisuais (som, imagem e vídeo) a aula se torna mais dinâmica, facilita e enriquece o aprendizado. O kit já está sendo instalado nas unidades escolares e o valor total investido foi de R$ 14.317.800,00.

Tablet com internet

Para 2022 os alunos da Educação Infantil (Etapas I e II) e Ensino Fundamental I (1º ao 5º ano) receberão tablet com internet, que será bloqueado para utilizar apenas com conteúdo pedagógico. Essa ferramenta possibilitará um reforço no processo de ensino e aprendizagem dos alunos. Serão mais 20 mil aparelhos, com investimento de aproximadamente R$ 26 milhões (aparelho e chip com internet).

Sobre a Educação

A Secretaria executa e supervisiona a política municipal de educação, pelos níveis do Ensino Infantil e do Ensino Fundamental, regular e supletivo, e do Ensino Médio, acompanha o desenvolvimento do ensino no município em todos os níveis. Executa o programa de alimentação em todas as escolas públicas do município e naquelas com as quais a prefeitura mantém convênios e promove a erradicação do analfabetismo.

A Secretaria de Educação na Educação Básica, atualmente possui 81 Unidades Escolares com 26.022 matriculados na Rede Municipal, sendo 5.253 na Educação Infantil, 13.548 no Ensino Fundamental, 22 na Educação Especial Exclusiva, 35 na Educação de Jovens e Adultos, 6.864 na Creche e 300 no atendimento Educacional Especializado. A Rede Municipal também possui 1.279 docentes, 520 monitores e 144 ADE (Auxiliar de Desenvolvimento Educacional).

Troca de secretário

No início de abril foi anunciada a aposentadoria da secretária de Educação, Rita de Cássia Trasferetti. Assumiu a pasta o professor mestre Heleno da Silva Luiz Junior, que é servidor de carreira do município.

Formação Continuada

Foram ofertados 41 cursos para formação continuada, com o total de 2.940 horas, sendo 1.773h30 para docentes e 1.166h30 par anão docentes

Educação e a pandemia da Covid-19

A Rede Municipal de Indaiatuba seguiu as orientações do Plano SP durante o ano letivo de 2021. O ano letivo iniciou em 8 de fevereiro de forma presencial, não obrigatória, com 20% da capacidade. Com a piora da situação epidemiológica o recesso de julho foi antecipado de 15 a 31 de março. Em 5 de abril as aulas foram retomadas de forma remota e assim seguiu até 2 de agosto, quando foi novamente autorizado o retorno presencial, não obrigatório, com 50% de capacidade. Em novembro, com a atualização do Plano SP, o retorno presencial com 100% dos alunos tornou-se obrigatório para todos.

Durante todo ano letivo a Secretaria de Educação trabalhou com a obrigatoriedade das atividades impressas para os alunos que estavam de forma remota. Também foi ofertado o apoio on-line através do Google Meet.

Os alunos que apresentaram dificuldades no processo de aprendizagem, foram realizados grupos de apoio pedagógico presencial e on-line para a recuperação e desenvolvimento da criança.

Para os meses de abril, maio, junho e julho, período em que as aulas aconteceram exclusivamente de forma remota, a Administração Municipal entregou mais 86 mil kits alimentação para os alunos da Rede.

A Secretaria de Educação através dos setores de Fonoaudiologia e Psicologia Escolar do Niape (Núcleo Integrado de Apoio Pedagógico Especializado) implantou o Projeto Conexão Niape – Família na Rede Municipal de Indaiatuba. A ação tem como objetivo trabalhar assuntos direcionados ao desenvolvimento infantil, comportamento emocional e social das crianças e famílias diante do cenário mundial de pandemia da Covid-19. Os profissionais organizaram encontros com temas pré-estabelecidos, que foram debatidos on-line pelo Google Meet com os pais ou responsáveis.

As escolas municipais seguiram um rigoroso protocolo de biossegurança aprovado pela Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde e pela Secretaria da Educação, de acordo com as deliberações do Plano SP. O atendimento específico aos profissionais de educação foi realizado através do Teleatendimento Covid-19.

Ações Pedagógicas 2021

Mesmo com as dificuldades impostas pela pandemia da Covid19 o departamento pedagógico e gestores das unidades não mediram esforços para promover ações para aproximar os alunos da escola e enriquecer o aprendizado das crianças. Seguem alguns exemplos de trabalhos realizados em 2021.

No mês de junho, que é comemorado o dia Mundial do Meio Ambiente, as unidades escolares promoveram trabalhos envolvendo as famílias com a temática sobre a conscientização da missão que a sociedade precisa desenvolver para proteger e preservar o mundo em que vivemos.

Em outubro, mês das crianças, foi desenvolvida uma aula temática, a qual foram ministrados conteúdos, de forma on-line, sobre as temáticas envolvendo os Direitos das Crianças, Bullying e Traballho Infantil.

No dia 20 de novembro, dia da Consciência Negra, as unidades escolares envolveram as famílias na temática e foram desenvolvidos vários trabalhos reforçando a importância da construção de uma sociedade com direitos iguais para todos.

A temática é trabalhada com as crianças ao longo do ano letivo e propõe a valorização das diversidades étnico-raciais de acordo com a Lei 11.645/08 (antiga lei 10.639/03) que trata da obrigatoriedade da inclusão da história e cultura africana e dos povos indígenas no currículo escolar. O objetivo maior é o resgate e a valorização afirmativa da influência do negro e do índio na formação da sociedade brasileira.

Outro importante trabalho desenvolvido foi o curso de Educação Financeira. A Prefeitura de Indaiatuba realizou uma parceria com o Instituto Brasileiro Solidário, para a formação de um curso com conhecimentos de Educação Financeira para docentes representantes das unidades escolares de Ensino Fundamental. A parceria se estendeu para a Fiec e Escolas Estaduais.

A formação será implementada para os alunos das escolas de Ensino Fundamental. O instituto realizou a doação do Jogo Pic Nic, que enriquecerá o trabalho com os alunos.



Contato com a escola

As famílias devem manter um contato de WhatsApp ativo com a escola em que o filho está matriculado, pois todas as informações pertinentes à vida escolar do aluno serão passadas por este canal de comunicação. Dúvidas podem ser esclarecidas nas próprias unidades escolares, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, ou na Secretaria de Educação pelo telefone 3801-9191.

Obras entregues da Educação

Na área da Educação, a Administração Municiapal entregou no primeiro semestre do ano três unidades escolares ampliadas: a Emeb (Escola Municipal de Educação Básica) Profª Francisca Lucinda Bueno, no Jardim Lauro Bueno Camargo; a Creche Profª Maria das Dores Tasca Mendes, no Jardim Paulista II, e a Emeb Doardo Borsari, no bairro Videira, que somaram R$ 2,9 milhões de investimentos.

A Emeb do Lauro Bueno ganhou seis salas de aula, sanitário acessíveis, sala multiuso e área de serviços, totalizando mais 557m² de área construída. Na Creche do Jardim Paulista foram construídas mais quatro salas de aulas, com banheiros e trocadores, e outras dependências de apoio. Os alunos da Emeb Doardo Borsari agora podem contar com uma quadra poliesportiva coberta e com arquibancada, vestiários e dependências administrativas. O terreno onde foi construída a quadra pertencia à Sociedade Amigos do Bairro Videiras e foi doado com a proposta de uso compartilhado com a Prefeitura. A população pode usar a quadra à noite e aos finais de semana, quando os estudantes não estarão utilizando o espaço.

Este ano, a equipe de obras e manutenção da Secretaria de Educação também fez uma ampliação na Emeb Profª Elvira Maria Maffei, onde funciona o Espaço Avançar, no Jardim Rêmulo Zoppi. A unidade recebeu uma piscina acessível por rampa, aquecida e coberta, vestiários, refeitório para funcionários, lavanderia e almoxarifados. As soluções oferecidas na ampliação são voltadas para o atendimento dos alunos com Transtorno do Espectro Autista (TEA).



Obras em andamento na Educação

Na Educação, merece destaque a construção do Complexo Educacional do Jardim Residencial Veneza, que foi iniciada no mês de novembro e que deve ser entregue no final de 2023, com investimento de R$16 milhões. A unidade oferecerá 34 salas de aulas distribuídas em três pavimentos, auditório com 136 lugares e quadra poliesportiva coberta com vestiários.

A ampliação e reforma da Emeb “Profª Áurea Moreira da Costa” é outra obra importante para o município e que já está em andamento. O investimento na unidade é de R$ 5,5 milhões e o prazo previsto para a entrega da obra é março de 2022. A unidade escolar terá seis novas salas de aula, entre outras dependências e uma casa de zeladoria. A reforma inclui troca do telhado; manutenção das salas de aulas existentes e demais ambientes; revisão de todo o sistema de combate a incêndio, melhorias na área de estacionamento e pintura geral.

Outra unidade em ampliação é a Creche Antônio Frederico Ozanam, no Distrito Industrial. Além da construção de quatro novas salas de aula, o projeto de ampliação da Secretaria de Planejamento Urbano e Engenharia também inclui a construção de pátio coberto e varanda e a construção de circulação interligando o prédio existente com a parte ampliada. O investimento é de R$ 1,1 milhão.

A Prefeitura também dá andamento à manutenção de repintura geral em seis unidades escolares: Emeb Prof. Aparecido Batista dos Santos, Emeb José Pavani, Emeb Profº Nízio Vieira, Emeb Profª Yolanda Steffen, Emeb Archimedes Prandini e o Depósito e Centro de Distribuição que funciona no Centro Integrado de Apoio à Educação de Indaiatuba (Ciaei). Vinte unidades devem ser beneficiadas até julho do próximo ano.


Notícias relacionadas

Av. Eng. Fábio Roberto Barnabé, 2800 - M.D. - CEP: 13331-900
Telefones: (19)3834-9000 / 0800-770-7702

© Prefeitura Municipal de Indaiatuba