Relações Institucionais

 

Notícias

Cultura homologa resultados de Edital de saldo remanescente da Lei Aldir Blanc

  • Publicação: 10/12/2021 14:32h
  • Redator(es): Fábio Alexandre
  • Release N.º: 1487

Foto

Foto: Divulgação/RIC-PMI

Foi publicado na edição 2.204 da Imprensa Oficial do Município, disponibilizada hoje, 10 de dezembro, no site da Prefeitura de Indaiatuba, a homologação do resultado final do Edital Nº 01AB/2021 de Premiação e Fomento a Apresentações Online de Artistas das Artes Cênicas, criado para aplicação de saldo remanescente da Lei Aldir Blanc, do Governo Federal. No total, foram 159 trabalhos avaliados e 40 selecionados.

Por meio da Lei Aldir Blanc, artistas de todo Brasil puderam participar de diversos editais em seu Estado e municípios, com o intuito de abrandar as dificuldades impostas ao setor cultural pela pandemia de Covid-19. Em Indaiatuba, nove editais do Inciso III da lei atenderam 216 artistas, totalizando um repasse de R$ 1.204.682,95 e mais R$ 231.000,00 para 23 empresas ou espaços artísticos e culturais da cidade, contemplados no Inciso II.

O novo edital atende a Lei 14.150, de 12 de maio de 2021, que altera a Lei 14.017, de 29 de junho de 2020, conhecida como Lei Aldir Blanc, e estabelece que “os Estados e o Distrito Federal estão autorizados a utilizar até 31 de dezembro de 2021 o saldo remanescente das contas específicas que foram criadas para receber as transferências da União e dos Municípios e gerir os recursos”.

O Edital 01AB/2021 recebeu vídeos nas seguintes categorias: Artes Circenses, Dança, Música e Teatro. A publicação da lista final com os trabalhos homologados acontece após o prazo de recurso. Confira abaixo quem são os integrantes da Comissão Julgadora.

Os vídeos contemplados serão disponibilizados à população por meio do portal Cultura Online (www.indaiatuba.sp.gov.br/cultura-online). Cada artista receberá o valor de R$ 5.000 pelo trabalho selecionado.

Link para edição 2.204 da Imprensa Oficial do Município - www.indaiatuba.sp.gov.br/download/55540/

COMISSÃO JULGADORA

Andrelino Jesus da Silva

Começou seus estudos aos 8 anos de idade. Estudou violão popular no Conservatório Musical Maestro Eleazar de Carvalho de Indaiatuba, teclado popular na Toledo Musical Center de Campinas e foi aluno de piano de Carlos Yanssen no Conservatório Carlos Gomes de Campinas e de Fátima Ambiel no Conservatório Nabor Pires Camargo.

Músico e professor há mais de 30 anos, é responsável pela área de Música da Secretaria Municipal de Cultura. Já trabalhou com diversas bandas e artistas da cidade de Indaiatuba e região. Também atua nas oficinas culturais da Secretaria Municipal de Cultura desde 2009.

Cristian Psedks

Nascido em Indaiatuba, é graduado em Marketing e trabalha desde 2008 na Secretaria de Cultura de Indaiatuba. É coordenador do Centro Cultural Wanderley Peres, responsável pelas montagens de exposições da Secretaria e integra as Comissões de Festival de Música e de Artes Visuais.

Participa da cultura Hip Hop desde o final dos anos 90. Teve contato com o Graffiti em 2000, adepto do estilo de letras “wild style” e já participou dos principais eventos de graffiti do Brasil.

Desde 2010 vem explorando em sua pesquisa artística trabalhos relacionados ao corpo humano e também aos corpos de objetos que são descartados através de pinturas em telas e se arriscando com algumas instalações.

Suas obras já integraram exposições coletivas em diversas cidades, leilão de street art, salão de arte, murais e projetos culturais.

Daniela Candello Salvadori

Coordenadora de Dança na Secretaria Municipal de Cultura de Indaiatuba, é formada pela Royal Academy of Dance of London, por meio do Conservatório Maestro Eleazar de Carvalho. Atuou em vários grupos de dança nas cidades de Indaiatuba, Campinas, Piracicaba e em Toronto, no Canadá, participando como bailarina, produtora e diretora de eventos e festivais de dança.

Fernanda Barros Vinagre

Atriz com registro profissional, é coordenadora das oficinas de teatro da Secretaria Municipal de Cultura. Atua na área artística há mais de 20 anos, atuando, dirigindo e produzindo peças teatrais. Participou de diversos grupos de teatro em Indaiatuba e outras cidades. Nos últimos dois anos, aprofunda seus conhecimentos na área de Produção Cultural.

Henrique Augusto Steve

Formado em Educação Artística (Música, Teatro, Dança e Artes Visuais) com Licenciatura Plena, também possui registro profissional como Autor e Ator Teatral. Autor de onze peças teatrais e cinco adaptações, já trabalhou com nomes como Myriam Muniz, Naum Alves de Souza, Miguel Mágno, Mariza Orth, Ary Fontoura, Aracy Balabanian, Miguel Falabella, Cristina Mutarelli, Cacá Dandretta, Maria Yuma, José Wilker, entre outros.

Foi coordenador e diretor por 17 anos, junto com o saudoso Padre Marcelo Previatelli, da Matriz Nossa Senhora da Candelária, do espetáculo “Auto de Nossa Senhora”. Por três anos consecutivos, também foi responsável pela montagem, texto e direção do espetáculo “Encantos de Natal” no Parque Ecológico de Indaiatuba.

Já produziu mais de 500 obras de pinturas acadêmicas e contemporâneas em tinta óleo. Entre elas, a confecção de 14 quadros da Via Sacra para a Igreja Matriz da Candelária de Indaiatuba, Igreja Santa Isabel de Barão Geraldo, em Campinas e Nossa Senhora Aparecida de Cardeal. Também atuou como restaurador de Obras de Arte Sacra de igrejas e particulares, por todo o Brasil, por mais de 25 anos.

Ministrou curso de flauta de 1981 a 1989, canta coral Polifônico desde 1980 e foi fundador, sócio e cantor do Madrigal Cantátimo (música antiga – Renascentista e Barroca) em Indaiatuba, grupo que existiu de 1987 a 2000 (mais de 150 concertos com coro e orquestra). Ministrou curso de Valsas Vienenses em 1996 no Casarão Pau Preto. Atualmente, é diretor do Departamento de Preservação e Memória da Secretaria Municipal de Cultura.

Lucas Bueno de Souza

Começou os estudos de bailarino em 2005 com formação em Jazz, Ballet e Dança Contemporânea. Nos últimos anos, atua principalmente como bailarino de Jazz Lyrical e Contemporâneo na Galpão 1 Academia de Dança, tendo participando de diversos eventos no Brasil e no exterior.

Mário Lúcio de Freitas (consultor de apoio)

Ator, produtor musical, músico, arranjador, regente, diretor de dublagem, entre outras funções, produziu jingles premiados para empresas como Pirelli, Rufles, Supermercado BIG, Estrela e Caninha 51. Também trabalhou em aberturas musicais e temas para novelas, e programas jornalísticos e infantis para as emissoras SBT e Rede Globo.

Entre as aberturas que produziu, destaque para TJ Brasil, Aí Vem o Chaves, Programa Livre, Hebe, Escolinha do Golias, Turma da Mônica, Cavaleiros do Zodíaco, Dragon Ball, entre outras. Como diretor de dublagem, esteve envolvido em projetos como Chaves, Bananas de Pijamas, National Geographic, Cavaleiros do Zodíaco, entre outros.

Mais recentemente, em 2018, foi diretor musical da dublagem das séries Chaves e Chapolin para o Multishow. Para tanto, escalou vários cantores que gravaram as versões originais de músicas das séries, entre eles, o dublador atual da voz de Roberto Bolaños, Daniel Muller, para que o resultado final ficasse o mais próximo possível da dublagem realizada nos anos 1980.

Weber Marely

Músico, saxofonista e arranjador formado em música popular pela Unicamp. Coordenador das oficinas culturais da Secretaria Municipal de Cultura, possui vasta experiência artística atuando junto a artistas de renome nacional e internacional como Sandy & Junior, Família Lima, Nando Reis, Orquestra Petrobras Sinfônica, Luísa Sonza, Turma do Pagode, Marília Mendonça, Mar Aberto, Chris Hart, Nathan East, Sofi Bonde, Picard Brothers, Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas e Orquestra Filarmônica de Patos de Minas, além de empresas como Universal Music Brasil, Universal Music Japão, Rede Globo, entre outros.

Possui vasta experiência como arranjador, produtor e músico, tendo atuado em mais de 150 projetos artísticos ao redor do mundo.


Notícias relacionadas

Av. Eng. Fábio Roberto Barnabé, 2800 - M.D. - CEP: 13331-900
Telefones: (19)3834-9000 / 0800-770-7702

© Prefeitura Municipal de Indaiatuba