Relações Institucionais

 

Notícias

Administração Municipal fecha balanço de 2021 com importantes conquistas nacionais e estaduais

Último trimestre foi marcado por seis dos dez reconhecimentos obtidos por Indaiatuba
09/12/2021 09:05h


Foto: Eliandro Figueira – RIC/PMI
Foto

A Administração Municipal fecha 2021 cheia de motivos para comemorar. Indaiatuba foi destaque em rankings nacionais e estaduais. O resultado mais recente foi a primeira colocação na categoria Top 3 do Programa Parcerias Municipais, promovido pelo Governo do Estado, com os melhores resultados e mais engajados no grupo acima de 100 mil habitantes. Em novembro veio o reconhecimento como a primeira cidade do Brasil no Prêmio Band Cidades Excelentes. Outra importante colocação chegou no final de outubro, quando Indaiatuba conquistou Grau de Excelência no Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF) pelo oitavo ano consecutivo.

O último trimestre do ano foi marcado por seis conquistas importantes, as quais destacam a eficiência da utilização dos recursos públicos em proporcionar mais qualidade de vida aos munícipes e o comprometimento de toda uma equipe engajada em fazer o melhor para nossa cidade. “É muito gratificante ver nossa cidade ocupando posições de destaques nos principais rankings nacionais, mas gosto de esclarecer sempre, que esses prêmios são consequências e não objetivos. O nosso foco é o compromisso que assumimos de trabalhar pelo bem-estar de nossos munícipes, melhorando os serviços públicos e cuidando das pessoas que escolheram viver aqui”, ressaltou o prefeito Nilson Gaspar.

Indaiatuba iniciou o mês de dezembro com dois grandes reconhecimentos no âmbito estadual. Na última terça-feira (7) o munícipio venceu a categoria Top 3 do Programa Parcerias Municipais, promovido pelo Governo do Estado de São Paulo, com os melhores resultados e os mais engajados no grupo acima de 100 mil habitantes. A conquista resultou em R$ 700 mil em convênio para infraestrutura urbana. Em dezembro de 2020 Indaiatuba já havia conquistado o convênio de R$ 350 mil pela melhor performance em promover ambientes menos suscetíveis a roubos no Programa Parcerias Municipais. Em agosto de 2021, também com a Segurança Pública, o município ficou em segundo lugar entre os 32 cases classificados das 723 práticas inscritas no programa.

Já no dia 2, Indaiatuba conquistou o Certificado de Mérito concedido aos municípios com melhor qualidade de vida. A cidade ficou com a segunda colocação no Estudo Técnico sobre o Nível de Desenvolvimento dos 41 maiores municípios do estado de São Paulo. No documento do NEC (Núcleo de Estudos das Cidades), composto por pesquisadores da USP, Ufscar e Fatec, Indaiatuba apresentou nota global 8,77, com apenas 0,14 ponto de diferença da primeira colocada. O município ainda atingiu classificação ótima e boa em todos os indicadores avaliados, ficando até o quarto lugar em todas as áreas consideradas no estudo. Os destaques ficaram para Educação e Finanças Públicas, com notas 10 e 9,9 respectivamente.

Em novembro Indaiatuba foi a primeira cidade do Brasil no Prêmio Band Cidades Excelentes, considerando os municípios com mais 100 mil habitantes. A cidade conquistou a melhor média dos cinco pilares de gestão pública analisados pelo Instituto Áquila, que desenvolveu o Índice de Gestão Municipal Áquila (IGMA). O município também ficou entre os três melhores colocados em Educação e Desenvolvimento Socioeconômico e Ordem Pública.

Ainda neste mês foi divulgado o Ranking de Competitividade dos Municípios, realizado pelo Centro de Liderança Pública (CLP), em parceria com a Gove e a Seall. Indaiatuba ficou na 13ª posição entre os municípios paulistas e na 22ª posição no ranking nacional. O estudo avaliou 411 municípios brasileiros com população superior a 80 mil habitantes e a cidade se destacou em Qualidade da Educação, Qualidade da Saúde, Segurança e Sustentabilidade Fiscal.



Em outubro, Indaiatuba conquistou Grau de Excelência no Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF) pelo oitavo ano consecutivo. A cidade recebeu nota máxima em três dos quatro indicadores avaliados: Autonomia, Gastos com Pessoal e Liquidez. Entre os municípios com mais de 200 mil habitantes, Indaiatuba é primeiro no ranking da Região Metropolitana de Campinas (RMC), sexto no Estado de São Paulo e 24º do Brasil, com 0,8594 ponto. O estudo elaborado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) se refere ao ano base de 2020.



No mesmo mês Indaiatuba conquistou a primeira colocação do Estado de São Paulo no Prêmio Band Cidades Excelentes. A cidade ainda venceu outros dois dos cinco pilares avaliados e ficou entre os três melhores em um deles, na categoria de população acima de 100 mil habitantes. Os primeiros lugares vieram em “Educação”; “Desenvolvimento Socioeconômico e Ordem Pública” e a classificação entre as três melhores em “Eficiência Fiscal e Transparência”. O município foi o que mais recebeu premiações no evento realizado na sede da Rede Bandeirantes de Televisão, em São Paulo.



Em setembro Indaiatuba foi considerada a 14ª cidade mais inteligente e conectada do Brasil entre os municípios de 100 a 500 mil habitantes. Entre as cidades do Estado de São Paulo, Indaiatuba é a 6ª. Considerando as cidades da RMC (Região Metropolitana de Campinas) Indaiatuba ocupa a primeira posição. O ranking Connected Smart Cities 2021 é elaborado pela Urban Systems. Esta foi a 7ª edição do estudo que mapeou 677 municípios com mais de 50 mil habitantes no país. O objetivo é identificar as cidades com maior potencial de crescimento no Brasil, através de indicadores que retratam inteligência, conexão e sustentabilidade.

Em março Indaiatuba mais uma vez despontou como um dos melhores municípios do país, dessa vez no Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades – Brasil (IDSC-BR) realizado pelo Programa Cidades Sustentáveis. A cidade ocupa a 20ª colocação na classificação geral, dentre 770 municípios brasileiros avaliados, e sobe para a 3ª posição, quando considerados apenas municípios com mais de 200 mil habitantes. O índice tem a intenção de estabelecer Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) como ferramenta útil e efetiva para a gestão pública e a ação política nos municípios brasileiros.

Nas pesquisas divulgadas pela Indsat (Indicadores de Satisfação dos Serviços Públicos), em fevereiro a Gestão de Nilson Gaspar foi consagrada com alto grau de satisfação pela população de Indaiatuba pelos principais serviços públicos prestados na cidade. A lista é composta pelas 15 maiores cidades da RMC (Região Metropolitana de Campinas).

Nos primeiros dias de 2021, Indaiatuba foi contemplada com uma pesquisa que veio para reafirmar os melhores indicadores do município dentre as cidades da RMC (Região Metropolitana de Campinas). O levantamento do Indsat revelou aprovação de 71% dos entrevistados que consideram a administração municipal, sob o comando do prefeito Nilson Gaspar (MDB), ótima ou boa. A pesquisa se refere ao quarto trimestre de 2020 e avaliou 15 cidades da RMC.

Ainda nesta pesquisa Indaiatuba ficou em primeiro lugar em 14 dos 16 itens avaliados, com reconhecimento ainda maior nos indicadores de qualidade de vida, coleta de lixo e abastecimento de água, indicadores nos quais alcançou grau de excelência, somando mais de 800 pontos e avaliação entre ótima ou boa de pelo menos 90% dos entrevistados. Este nível de aprovação também foi obtido pelo indicador de qualidade da água, que recebeu alto grau de satisfação com 797 pontos na pesquisa.

  • Redator(es): Renata Lippi A. Lemuchi
  • Release N.º: 1489

Fotos


Notícias relacionadas

Av. Eng. Fábio Roberto Barnabé, 2800 - M.D. - CEP: 13331-900
Telefones: (19)3834-9000 / 0800-770-7702

© Prefeitura Municipal de Indaiatuba