Relações Institucionais

 

Notícias

Balanço Saae 2021: mesmo com a pior estiagem já enfrentada, Indaiatuba mantem 100% da população abastecida

  • Publicação: 07/12/2021 12:28h
  • Redator(es): DCS Saae
  • Release N.º: 1476

Foto

Foto: DCS/Saae

O Serviço Autônomo de Água e Esgotos (Saae), encerra o ano de 2021 com saldo positivo. A Autarquia se empenhou, em meio à pandemia do COVID-19, que se estende desde 2020 e um período de estiagem em 2021, considerado o mais severo dos últimos 90 anos, a manter o abastecimento para 100% da população.

Reforçando diariamente a Campanha permanente do Saae “Cada Gota faz diferença. Economize água” foi feito um trabalho intensificado na conscientização de todos sobre a importância do uso responsável da água, principalmente no período de seca.

O controle no abastecimento se deu principalmente em razão dos investimentos feitos nos últimos 20 anos, como a construção da Barragem do Rio Capivari, de reservatórios regionais de água tratada, ampliação das Estações de Tratamento, implantação de novas adutoras, desassoreamento e revitalização de nascentes e mananciais, combate às perdas de água tratada dentre outras ações.

A ampliação, atualização e modernização de todo sistema precisa ser constante e o Saae está sempre pensando no futuro e dando continuidade à segurança hídrica para o desenvolvimento da cidade com muitos projetos em andamento. A notícia mais importante de 2021 foi a verba que virá do Governo do Estado de São Paulo que possibilitará a concretização da tão esperada obra da barragem do ribeirão Piraí. Em outubro o município foi informado que o governo do Estado vai investir R$ 70 milhões para a construção do Barramento do Ribeirão Piraí, através do Consórcio Intermunicipal do Ribeirão Piraí (Conirpi), formado pelos municípios de Indaiatuba, Salto, Itu e Cabreúva, conquistados por intermédio do deputado estadual Rogério Nogueira (DEM).

A obra tem um custo estimado em R$ 120 milhões e deve ser construída em três anos. O Governo do Estado investirá R$ 70 milhões e também tem mais R$ 50 milhões do PAC2 (Plano de Aceleração do Crescimento) do Governo Federal, celebrado em 2011.

A obra deve ter início em 2022 e a barragem irá regularizar a vazão do manancial, permitindo sua captação durante o ano todo, inclusive nos períodos de estiagem. Terá 386 metros de comprimento, 15 metros de altura, espelho d´água de 1,3 km² e capacidade para armazenar 9 bilhões de litros de água, ou seja, nove vezes maior que a barragem do Mirim.

Adutora no Altos da Bela Vista

Em fevereiro de 2021 foi concluída a implantação de mais uma adutora, intitulada Adutora do Altos da Bela Vista, ela apoia o abastecimento na região do Jardim Paradiso, Jardim Bela Vista, Altos da Bela Vista, Jardim Europa e adjacências.

A adutora de 250 mm, possui aproximadamente 3,9 km de extensão e interliga os Centros de Reservação do Mato Dentro e do Bela Vista. É uma obra de extrema importância no quesito de perdas de água tratada, uma vez que sem ela para abastecer a região era necessário fazer o bombeamento da água na rede, aumentando a pressão e causando vazamentos.

Adutora Água Bruta do Cupini / ETA-I

Uma nova adutora foi construída com a função de interligar a captação do Cupini, localizado no Museu da Água, com a Estação de Tratamento da Vila Avaí (ETAI). Concluída em julho deste ano, foram utilizados tubos de 450mm de diâmetro em ferro fundido para a execução da adutora, que terá a extensão de 4,2 quilômetros.

Com essa obra houve um reforço no abastecimento e no tratamento da Água e será garantida maior captação de água bruta do manancial, um reforço para o fornecimento de água tratada para toda a Zona Norte (atendida pelos mananciais: Cupini/Morungaba e pela represa do Mirim).

Adutora Água Tratada Jardim Brasil

Desde julho de 2021 o Jardim Brasil ganhou um reforço no abastecimento, com a implantação de uma nova adutora que interliga o reservatório localizado próximo ao Condomínio Jardim Indaiatuba Golf até a Estação de Tratamento de Água (ETA IV), o que equivale a uma extensão aproximada de 3,5 quilômetros. Com isso aumentou a eficiência do processo de tratamento e apoio do abastecimento do bairro com a captação da Estação de Tratamento de Água da Vila Avaí (ETA-I).

Novo sistema de captação do Capivari-Mirim / ETA-I

Também em 2021, a Autarquia finalizou a primeira fase da implantação da nova adutora de captação de água bruta do rio Capivari-Mirim – ETA-I que será interligada à Estação de Tratamento de Água na Vila Avaí. A obra funciona com um “backup” da adutora que já existe no local, diminuindo consideravelmente o tempo de desabastecimento em casos de rompimento da rede.

O projeto contempla, uma nova captação com 3 conjuntos moto bombas anfíbios e a adutora com 5 quilômetros de extensão e deverá ser finalizada em 2022.

Reforma Reservatório

Dentro da programação do Saae, também em fevereiro de 2021 foi reformado o reservatório elevado do Centro de Reservação Morada do Sol (CR Morada do Sol). O reservatório, inaugurado em 1993, é de concreto armado e tem capacidade para armazenar 500 m³ de água tratada. Dentre as melhorias, foram realizados o tratamento das juntas de concreto, reparos de micros vazamentos, reparo das fissuras e impermeabilização interna.

Vale do Sol

Foi concluída a implantação das redes de coleta e afastamento de esgoto no Loteamento Vale do Sol. A obra inclui a construção de uma Estação Elevatória de Esgoto, rede coletora e ligações e a Linha de Recalque — rede de bombeamento do esgoto – que compreende a extensão de 5.501 metros e 200 mm de diâmetro. A implantação finaliza em dezembro e o sistema entrará em operação no primeiro trimestre de 2022.

Substituição de Redes por MND

O Saae vem nos últimos anos, avançando no combate às perdas de água tratada nas redes de distribuição. A substituição de redes antigas por Método Não Destrutivo (MND), que em sua 4ª Fase, concluiu a substituição de 5.578,88 metros de redes e iniciou a fase de implantação dos ramais, totalizando 602 unidades de ligações prediais. A verba a fundo perdido vem do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro), no valor R$ 1.360.000,00 e a contrapartida da Autarquia de R$ 1.600.000,00.

Desassoreamento Primeiro Lago do Parque Ecológico

Está em execução o desassoreamento do primeiro lago do Parque Ecológico formado pelo Córrego do Barnabé. O serviço está sendo realizado pela equipe de Obras da autarquia, com estimativa de término da primeira fase em 30 dias úteis. Após o primeiro lago, o serviço seguirá até próximo a rotatória do Parque Ecológico, que dá acesso a alameda José Amstalden, com a limpeza de todo o canal.

Inauguração ETE – MAC

Em março de 2021 o Saae inaugurou a ampliação da Estação de Tratamento de Esgotos – Mário Araldo Candello (ETE - MAC), que tornou Indaiatuba uma das poucas cidades no Brasil, a tratar 100% do esgoto coletado. Localizada no Distrito Industrial, a ETE – MAC, utiliza um dos mais avançados métodos de tratamento de esgoto do mundo: o biológico, pelo processo de lodos ativados por aeração prolongada com ar difuso. Está em operação desde o final de 2019, e foi inaugurada este ano.

Inauguração Museu do Mirim

Também em março foi inaugurado o Museu do Mirim, instalado no Parque do Mirim. O local é indicado para quem quer conhecer a história e importância do rio Capivari-Mirim, a construção da barragem e do sistema de saneamento de Indaiatuba, passeando pela trajetória de mais de 50 anos da existência da Autarquia, por meio de Totens, vídeos e da Expografia.

O Parque do Mirim é um local muito frequentado por famílias, grupos de amigos, ciclistas, pedestres e corredores de Indaiatuba e região. Além de receber eventos de competição e lazer. Observando todas as medidas de prevenção contra a Covid-19, o Parque recebeu em 2021, aproximadamente 100 mil veículos e cerca de 400 mil visitantes, somando dias de semana, feriados e finais de semana.

Atendimentos

O Saae disponibiliza seus serviços à população 24h por dia. O departamento responsável pelo atendimento presencial, feito no balcão da Escritório Central da Autarquia, atendeu até 31 outubro de 2021, 42.918 usuários e foram gerados 22.326 processos e Ordens de Serviço (OS). No mesmo período, o CAT 0800, atendeu via telefone 0800 77 22 195 (24 horas de plantão), 79.370, via WhatsApp, 6.350, via e-mail, 5.171, gerando 26.469 OS. E pelo site no ícone “Fale Conosco” do site da Autarquia, 4.200 e-mails recebidos e respondidos. Totalizando 186.804 atendimentos de janeiro a outubro de 2021. Nas redes sociais, No Facebook, foram 58.358 interações (curtidas, compartilhamentos, etc), 2,7 mil comentários respondidos e 687 mensagens privadas respondidas. No mesmo período No Instagram foram 913 mil visualizações das publicações e 6.700 interações (curtidas e comentários).

Qualidade da Água

O Laboratório de Águas do Serviço Autônomo de Água e Esgotos (Saae), foi novamente parabenizado pela excelência do trabalho executado, no encerramento da auditoria e avaliação feita pela Coordenação Geral de Acreditação – CGRE, para manutenção da acreditação para a revalidação do Sistema de Gestão de Qualidade da ISO 17025, norma vigente em nossos laboratórios, que atesta a competência técnica do laboratório na precisão, confiabilidade e alta qualidade nos resultados das análises, atendendo às portarias específicas, principalmente sobre potabilidade da água distribuída à população.

Museu da Água

Em 2021 o Saae concluiu obras, executou serviços e inovou, com a inauguração da nova exposição do Museu da Água intitulada “Origem e Propósitos”. Idealizada pela Prefeitura Municipal de Indaiatuba e pelo Saae, com a monitoria do Instituto Acqua Brasil, a Mostra traz um circuito expositivo sensorial e interativo que conduz o público através de uma viagem que começa na origem do universo e chega no presente momento do planeta, mostrando a importância de mudanças em nosso modo de viver neste planeta, através da conscientização e práticas de consumo consciente.

Programas e Projetos

O Saae mantém diversos programa em andamento, entre eles, como o Programa de Recuperação de Nascentes, o Programa de Educação Ambiental “Na Trilha das Águas” em parceria com a Secretaria de Educação, desde 2009. O Programa “Educa Água” incorporado à grade anual da Secretaria Municipal da Educação, o Programa de Combate às Perdas de Água, que tem como ações a substituição de hidrômetros antigos, instalação de Válvulas Redutores de Pressão (VRP) e macromedidores, monitoramento e pesquisa vazamentos. Também fazem parte dos programas desenvolvidos pela Autarquia, o “Programa de Água de Reuso” para as indústrias e o “Programa Indústria Mais Limpa” que tem como objetivo, incentivar o tratamento de esgoto gerado pelas indústrias no município.

Programa de Recuperação de Nascentes

O Programa de Recuperação de Nascentes desenvolvido pelo Saae, já realizou serviços de preservação e recuperação em 70 nascentes. O trabalho consiste tanto na recuperação quanto na manutenção periódica.

São feitas as localizações do ponto da nascente e desassoreamento da mesma, controle de erosão para evitar processos erosivos e isolamento da Área de Preservação Permanente (APP) para favorecer a regeneração natural do fragmento florestal existente, serviços de limpeza, manutenção no entorno das nascentes, replantio, controle de formigas e de espécies invasoras dominantes, adubação, controle de processos erosivos, e orientação ao proprietário rural quanto às boas práticas de uso e de manejo das APPs.

Programa de Combate às Perdas de Água

O Saae investe em ações de combate às perdas de água nos sistemas de abastecimento que correspondem à diferença entre o volume total de água produzido nas estações de tratamento e à soma dos volumes medidos nos hidrômetros instalados nos imóveis dos clientes. As ações realizadas nos bairros diminuíram a perda de 29,2% m³ no período de um ano de água tratada.

A integralização dos macromedidores com o CCO -- Centro de Controle de Operações, deve ser finalizada até abril de 2022, operando com 30 conjuntos de macromedição. A telemetria já concluída, é utilizada para monitorar pontos de medição (vazão e pressão) e automação (comando, controle e proteção de conjunto moto-bombas) com transmissão de dados via internet, nas Estações de Captação de Água (ECAs), onde as informações são enviadas para o banco de dados no CCO. A integração do sistema permite que os técnicos tenham um amplo panorama da situação em tempo real além de permitir que sejam tomadas decisões, minimizando as perdas de água tratada no sistema de distribuição.

Programa de Água de Reúso

O Saae saiu na frente e foi à primeira cidade a obter a regulação da água de reuso pela Agência Reguladora dos Serviços de Saneamento das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (Ares –PCJ). Nessa primeira fase, a água de reúso será distribuída por caminhão pipa e posteriormente através de adutoras porta a porta para cada empresa, que é o grande diferencial do projeto.

Periodicamente funcionários do setor responsável pela Água de Reúso, visitam indústrias com a finalidade de apresentar a Água de Reuso e estimar a quantidade que pode ser comprada por elas.



Programa Indústria Mais Limpa

O Programa Indústria Mais Limpa, implantado pelo Saae visa incentivar as indústrias a implantar ou aumentar a eficiência de seus sistemas de tratamento de resíduos industriais e melhorar a qualidade dos efluentes lançados nas redes coletoras de esgoto.

Em Indaiatuba, desde 2019, as empresas INNARA Indústria Nacional de Aramados LTDA, Flabeg Brasil e a Fábrica da Toyota aderiram ao Programa ambas na Categoria 5 (50% de desconto): Engloba toda e qualquer indústria que produzir e tratar seus efluentes com DQO inferior a 350 mg/L.

Programa Piloto para uso de água de chuva em prédios públicos

A Prefeitura Municipal de Indaiatuba, através da Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente e o Saae, deram início a um programa piloto para uso de água de chuvas em prédios públicos.

O primeiro prédio onde foi desenvolvido o piloto é a EMEB Wladimir Oliver no Jardim Oliveira Camargo, a água será usada em locais que não exijam potabilidade da água, como lavagem de pátios e quintais, irrigação e descarga em vasos sanitários.

A proposta a médio e longo prazo é incluir o sistema nas construções Municipais a partir de 2022 e estender o modelo para pelo menos 10% de espaços em funcionamento até 2028.

Notícias relacionadas

Av. Eng. Fábio Roberto Barnabé, 2800 - M.D. - CEP: 13331-900
Telefones: (19)3834-9000 / 0800-770-7702

© Prefeitura Municipal de Indaiatuba