Relações Institucionais

 

Notícias

Pessoas que recebem medicação de alto custo em Indaiatuba devem realizar um recadastramento para continuidade do serviço

  • Publicação: 26/11/2021 17:00h
  • Redator(es): Gabriel Beccari
  • Release N.º: 1420

Foto

Foto: Divulgação RIC/PMI

A Prefeitura de Indaiatuba por meio da Secretaria Municipal de Saúde anunciou, nesta quinta-feira (25), a necessidade de um recadastramento das pessoas que já recebem medicação de alto custo no município. O pedido veio através do Governo do Estado de São Paulo em portaria publicada na Imprensa Oficial (FM/MS nº 2.236, de 2 de setembro de 2021). A população de Indaiatuba que já recebe essa medicação deve realizar o recadastramento até 16 de dezembro na Farmácia de Alto Custo.

Segundo o Governo do Estado, o objetivo deste recadastramento é mapear toda a população do Estado que está ativa recebendo a medicação de alto custo, para em breve implantar no interior paulista o Programa Remédio em Casa, que distribui a medicação de alto custo na casa das pessoas. Vale lembrar que Indaiatuba já faz essa distribuição, mas apenas para as pessoas acima de 60 anos.

O Programa Remédio em Casa ainda não tem uma data para que seja expandido para Indaiatuba, mas a Secretaria de Saúde já foi informada para recadastrar toda a população que recebe o medicamento de alto custo no município, até 16 de dezembro.

Para que os beneficiários façam esse recadastramento e continuem recebendo a medicação, é necessário levar a cópia do RG, CPF e comprovante de endereço, até a Farmácia de Alto Custo, localizada na Rua Regente Feijó, 187 – Cidade Nova 1, de segunda a quinta-feira, das 7h30 às 16h.

A Secretaria de Saúde ainda realizará um mutirão para recadastramento nos sábados, 4 e 11 de dezembro, das 7h às 13h, no mesmo endereço, Rua Regente Feijó, 187 - Cidade Nova 1.


Notícias relacionadas

Av. Eng. Fábio Roberto Barnabé, 2800 - M.D. - CEP: 13331-900
Telefones: (19)3834-9000 / 0800-770-7702

© Prefeitura Municipal de Indaiatuba