Notícias

Procon divulga lista das 12 empresas com mais queixas dos consumidores em 2020

  • Publicação: 12/01/2021 15:29h
  • Redator(es): Gabriel Beccari
  • Release N.º: 21

Foto

Foto: Eliandro Figueira RIC/PMI

O Procon de Indaiatuba divulgou na última segunda-feira (11) o relatório anual das 12 empresas com mais registros de reclamação junto ao órgão de defesa do consumidor em 2020. Operadoras de telefonia celular ocuparam as duas primeiras colocações, ficando com um terço das queixas (34%) registradas entre as empresas mais reclamadas. Elas, juntas, receberam 287 reclamações do total de 845.

Em Indaiatuba a Claro S/A (Claro/Net/Embratel) liderou o ranking, com 154 registros no Procon, uma alta de 23 reclamações a mais do que no ano passado, seguida pela Telefônica Brasil Ltda. (detentora dos direitos da Vivo) com 133 e pelo Banco Itaú S/A, que obteve 76 reclamações no ano.

Na sequência, foram registradas queixas com relação aos serviços prestados pela Tim Celular S/A (74), Banco Ficsa S/A (73), Via Varejo (73), CPFL – Companhia Paulista de Força e Luz (62), Banco Safra (43), Bradescard (41), Caixa Econômica Federal (40), Banco Bradesco S/A (40) e Banco Panamericano S/A (36).

O Procon é o principal órgão de defesa do consumidor e está ligado à Secretaria Estadual de Justiça. O principal objetivo é resolver problemas no relacionamento entre empresas e clientes, sempre de maneira amigável. Quando a reclamação é feita, o Procon notifica a empresa e pede os devidos esclarecimentos. Em caso de não cumprimento por parte da reclamada, o órgão orienta o consumidor a entrar com processo judicial no Juizado Especial de Pequenas Causas.

O Procon está localizado no Ponto cidadão na rua 24 de maio, 1670, Vila Furlan e o atendimento é realizado das 08h às 17h de segunda a sexta-feira. Outras dúvidas podem ser tiradas através do telefone (019)3816-9254.


Notícias relacionadas