Relações Institucionais

 

Notícias

Inclusão é palavra de ordem na Secretaria Municipal de Esportes, que celebra feitos inéditos

  • Publicação: 17/12/2020 12:00h
  • Redator(es): Fábio Alexandre
  • Release N.º: 976

Foto

Foto: Arquivo-Eliandro Figueira RIC/PMI

Inclusão é palavra de ordem no balanço de quatro anos da Secretaria de Esportes de Indaiatuba, comandada pelo secretário Marcos Antônio de Moraes, o Marquinhos. Desde o início de seu mandato, a pasta trabalha para permitir acesso à atividade física, buscando uma melhoria na qualidade de vida do munícipe, através de programas que abrangem a população a partir dos 6 anos de idade.

Programas permanentes como o Projeto Esporte Cidadão (para faixa etária de 6 a 14 anos); o Projeto de Lazer em duas vertentes, o Lazer Esportivo e o Fitness (a partir dos 16 anos até a 3ª idade) e o Projeto Juventude Esportiva (de 15 a 21 anos). A Secretaria também trabalha o Esporte Competitivo, que representa a cidade em várias modalidades. Assim, além de oferecer a prática esportiva e a melhora na qualidade de vida aos moradores, também desenvolve a base e a revelação de novos atletas, resultando em importantes conquistas para o município.

“Assim que assumi a Secretaria Municipal de Esportes, recebi uma missão do prefeito Nilson Gaspar: oferecer a prática esportiva, em diversas modalidades, para o maior número de pessoas, de todas as idades”, conta Marquinhos. “Esse é o grande marco dessa administração, na minha opinião. Além disso, o desenvolvimento em novos pontos para a prática esportiva e o investimento no Esporte Competitivo colocaram Indaiatuba de vez entre as potências do interior paulista, do Estado e do país. Até conquistas internacionais pudemos comemorar”.

Em seu primeiro ano como secretário, em 2017, Marquinhos e a equipe da Secretaria de Esportes ampliaram os projetos existentes e criaram a Coordenação Pedagógica, direcionada à implantação de processos didáticos de aperfeiçoamento contínuo e treinamento a toda a equipe da Secretaria de Educação.

No Esporte Competitivo, 2017 foi marcado pela participação na 61ª edição dos Jogos Regionais de Americana, onde Indaiatuba foi campeã do quadro geral de medalhas, com 193 premiações, sendo 104 ouros, 67 pratas e 22 bronzes, à frente de Campinas com 160 medalhas. Na classificação por pontos, a equipe indaiatubana ficou em segundo lugar, com 166 pontos. A primeira colocação foi de Campinas com 181 pontos. Com o resultado, a equipe local subiu três posições em relação ao ano anterior.

A participação de Indaiatuba no 81º Jogos Abertos Jogos Abertos do Interior Horácio Baby Barioni foi memorável. O município estreou na primeira divisão e conquistou 103 medalhas no total, sendo 41 ouros, 34 pratas e 28 bronzes, ficando em quinto lugar no quadro de medalhas da primeira divisão. Na classificação geral de municípios, que incluiu a primeira e segunda divisão, Indaiatuba concluiu no 14º lugar, com 88 pontos, entre os 145 municípios que pontuaram.

Entre os eventos, Indaiatuba recebeu o Campeonato Interestadual de Pista, realizado pela Federação Paulista de Ciclismo e pela Confederação Brasileira de Ciclismo. A disputa, com baterias nas categorias Elite, Júnior e Juvenil (masculino e feminino), marcou a primeira prova oficial do Velódromo Joaraci Mariano de Barros. O local receberia também, em novembro, o Campeonato Brasileiro de Pista, e em seguida, a 1ª Etapa da Copa Brasil de Paraciclismo de Estrada e Contra Relógio.

O Powerman Brasil, maior série de duathlon do mundo, reuniu cerca de 600 atletas de elite e amadores em busca das vagas oferecidas pela etapa brasileira ao Mundial de Powerman, que acontece todos os anos na Suíça.

No campo, uma novidade: a Copa Reduzino Integração foi o primeiro campeonato amador que uniu as Ligas de Futebol amador de Indaiatuba. A competição reuniu 40 times, divididos em quatro grupos com 10 equipes e foram 17 rodadas até a definição do campeão. O troféu ficou com a Ponte Preta.

Entre as obras, destaque para a reforma da Pista de Skate, reinaugurado em dezembro, com apoio da Askin (Associação de Skatistas de Indaiatuba); a construção e arquibancada com 488 lugares na quadra da Associação XII Junho, no Jardim Morada do Sol, que também recebeu uma quadra poliesportiva; a cobertura de uma das piscinas usadas para aulas de natação no Centro Esportivo do Trabalhador (CET); a reforma e ampliação dos vestiários da piscina do Polo Esportivo Rêmulo Zoppi; e a reforma da Pista de Bicicross.

Campeã

Em 2018, o trabalho com os projetos Esporte Cidadão, Lazer Esportivo e Fitness, e Juventude Esportiva foram ampliados. No Esporte Competitivo, com um total de 181 pontos obtidos, a equipe de Indaiatuba conquistou o título de campeã geral dos 62º Jogos Regionais de Santa Bárbara d’Oeste, pela primeira vez em sua história. Foram 219 medalhas, sendo 125 de ouro, 63 de prata e 31 de bronze.

Nos Jogos Abertos do Interior Horácio Baby Barioni o município também teve um ótimo rendimento, ficando na 11ª colocação na 1ª Divisão, entre 208 cidades, conquistando 124 medalhas (71 de ouro, 29 de prata e 24 de bronze).

Destaque também para a equipe paralímpica de Indaiatuba, campeã do Campeonato Brasileiro Loterias Caixa de Natação. Foram 259 atletas de 72 clubes na competição que aconteceu na piscina do Centro de Treinamento Paralímpico (CTPB), em São Paulo. A primeira edição da competição contou com os oito melhores atletas no ranking nacional em cada prova. A ADI APIN, de Indaiatuba, ficou com o título de melhor clube e recebeu R$ 15 mil como prêmio.

Bicampeã

O ano de 2019 trouxe novas comemorações, com o título de bicampeã para a equipe de Indaiatuba nos 63º Jogos Regionais de Americana. A cidade estabeleceu um novo recorde na conquista de medalhas, com 241 no total, sendo 145 de ouro, 64 de prata e 32 de bronze, ficando no primeiro lugar na classificação geral dos Jogos.

Indaiatuba participou do 83º Jogos Abertos do Interior em Marília e conquistou um marco histórico nesta competição: 15ª colocada com 98 pontos e 124 medalhas (81 de ouro, 35 de prata e 09 de bronze). Destaque para a Natação PCD com 59 ouros, 13 pratas e um bronze, consagrando-se campeã no masculino e no feminino.

Em março foi inaugurado o Complexo Esportivo do Jardim Morada do Sol. O espaço localizado na Rua Ricardo Bergamini, ao lado da Associação Amigos de Bairro XII de Junho, conta com uma quadra poliesportiva, piscina e academia cobertas.

Adaptação

O ano de 2020 começou com a inauguração da quadra Estação Cidadania, construída nas dependências do Centro Esportivo do Trabalhador. A obra recebeu investimentos de pouco mais de R$ 3 milhões provenientes de convênio firmado pela Prefeitura com o Governo Federal.

O projeto tem área construída de 1.720m² com quadra em piso sintético flexível e arquibancada para 177 lugares, incluindo área destinada a cadeirantes. A Estação Cidadania também conta com sanitários e vestiários masculinos, femininos e acessíveis; copa; administração; sala para professores e técnicos; depósito; ambulatório; academia no pavimento superior e elevador.

Com a chegada da pandemia de Covid-19, as competições oficiais e as aulas dos projetos Esporte Cidadão, Lazer Esportivo e Fitness, e Juventude Esportiva foram suspensas.

“No Esporte Competitivo, tivemos entre os meses de maio e julho diversas reuniões online, discutindo temas pertinentes a cada modalidade, além de organizarmos um plano de retorno”, conta Heleno da Silva Luiz Junior, secretário adjunto de Esportes. “Criamos um protocolo de ações que visou o retorno escalonado das equipes de treinamento”.

O retorno começou em agosto. “Retornamos apenas com os atletas da categoria principal, que foram sendo gradativamente reintroduzidos aos processos de treinamento, priorizando a manutenção da parte física”, conta Heleno. Dezenove modalidades retornaram aos treinamentos: Basquete, Basquete sobre Rodas, Bicicross, Ciclismo, Futebol Americano, Futsal, Ginástica Rítmica, Ginástica Artística, Handebol, Judô, Karatê, Luta de Braço, Natação, Natação PCD, Rugby, Supino, Tênis de Mesa, Voleibol e Xadrez. Aproximadamente 800 atletas voltaram à ativa.

“O retorno foi gradativo, nos primeiros meses apenas a categoria Adulto, nos meses de outubro e novembro, as modalidades Futsal e Natação retornaram com as categorias de base, para cumprir alguns compromissos”, recorda o adjunto. “Mas as atividades foram encerradas em novembro, diante da nova onda de contaminação do Covid-19”.

Após a suspensão das atividades, foram reativados para atender o Esporte Competitivo o Ginásio Municipal de Esportes, Centro Esportivo do Trabalhador, Estação Cidadania, Quadra 23, Pista Bicicross, Campo Municipal, Velódromo, Centro de Lutas João Pioli, Rêmulo Zoppi e o Complexo da Morada do Sol.

O Lazer Esportivo também se adaptou e disponibilizou, desde abril, aulas online para a população de Alongamento, Ginástica Localizada, Ritmos e Ginástica para Gentes. As inscrições online somaram mais de mil participantes até o momento.

A Secretaria de Esportes apostou também na preparação de seus gestores, coordenadores e professores, com 22 reuniões online realizadas via Google Meet entre maio e julho. “Foram abordados temas como: saúde mental, doenças patológicas, aprofundamento sobre as questões das pessoas com deficiências e inclusão, elaboração dos protocolos, aulas virtuais, saúde do professor, entre outros”, revela Heleno.

Três palestras foram realizadas. No dia 18 de junho, a Profª. Dra. Paula Teixeira Fernandes (Unicamp) trouxe o tema "Ansiedade, Depressão e Exercício Físico". No dia 29 do mesmo mês, o Prof. Dr. Eduardo Azzini (Unimep) falou sobre "As Possiblidades de Atuação do Profissional de Educação Física com as Pessoas com Deficiência".

No dia 2 de julho, o Prof. Aílton Mendes (Diretor da ACAD – Associação Brasileira de Academias e conselheiro do CREF – Conselho Regional de Educação Física) falou sobre "O Comportamento do Profissional de Educação Física nesse Novo Cenário".

Também neste período, a ONED (Organização Nacional das Entidades do Desporto) produziu e divulgou em suas redes sociais 35 vídeos feitos por seus professores, com dicas de treinamento dentro de casa. “Neste momento, que é de união e colaboração entre as pastas, nossos professores estão atuando no combate à pandemia junto com colaboradores da Secretaria Municipal de Saúde”, destaca Marquinhos. “Esperamos que tudo corra bem e a vacinação aconteça em breve, para que possamos retornar à normalidade e retomar nossas atividades”.


Notícias relacionadas

Av. Eng. Fábio Roberto Barnabé, 2800 - M.D. - CEP: 13331-900
Telefones: (19)3834-9000 / 0800-770-7702

© Prefeitura Municipal de Indaiatuba