Notícias

Prefeitura coordena ação de limpeza de fios inutilizados nos postes da rede pública

  • Publicação: 17/11/2020 16:39h
  • Redator(es): Sirlene Virgílio Bueno
  • Release N.º: 873

Foto

Foto: divulgação

O trabalho de substituição de rede primárias de energia do município, executado pela CPFL- Piratininga, e a reestruturação e limpeza da rede de fios nos postes continua. A operação de organização e retirada da fiação excedente, que não atende às novas normas da ANEEL, que estão inoperantes ou que foram substituídas por tecnologia superior, estão todas sendo removidas nos trechos previamente acordados com a Administração Municipal.

O serviço foi solicitado pelo prefeito Nilson Gaspar com a proposta de fazer a retirada de fios e cabos caídos, dependurados ou amontoados nos postes de ruas da cidade, e que em alguns casos acabam gerando riscos de acidentes envolvendo pedestres, automóveis, motos e até transporte público. A Secretaria de Obras e Vias Públicas está coordenando a ação que foi iniciada em setembro deste ano.

Como os postes pertencem à CPFL, a empresa ficou responsável por dar encaminhamento ao plano de trabalho proposto pela Prefeitura às empresas envolvidas, entre elas a Vivo/Telefônica e a Claro, com o planejamento de metas e cronogramas para execução dos serviços.

Para orientar a limpeza, foi estabelecido uma divisão por setores e prioridades definidas pela Secretaria de Obras em conjunto com a CPFL- Piratininga e com as concessionarias usuárias dos postes.

O primeiro setor inclui cinco quadrantes formados por bairros da região Central, onde estão concentrados lojas e escritórios, e das regiões da Cidade Nova e Jardim Pau Preto. É neste setor que os trabalhos estão concentrados desde setembro.

No segundo setor estão sete quadrantes com bairros das regiões do Jardim Itamaracá, Jardim América e Parque São Lourenço.

Para completar, o terceiro setor inclui seis bairros nas regiões da Cecap, Jardim Morada do Sol, Califórnia e Jardim do Valle.

Toda a operação está sendo conduzida em comum acordo entre as partes, com a participação voluntária das empresas. Essas ações envolvem um grande volume de serviços e interações operacionais com todos os envolvidos, seja na prestação de serviço direta nos postes, como também seus usuários e munícipes em geral.


Notícias relacionadas