Notícias

Deficientes visuais testam versão acessível do aplicativo do transporte coletivo

  • Publicação: 21/10/2020 16:07h
  • Redator(es): Darlene Ribeiro
  • Release N.º: 817

Foto

Foto: Divulgação

Representantes da Prefeitura de Indaiatuba reuniram-se com integrantes da SOU Indaiatuba e da ADVI (Associação dos Deficientes Visuais de Indaiatuba) para conhecer a versão atualizada do modo Acessibilidade do aplicativo para celular da empresa, que opera o transporte coletivo urbano no município. Realizado no último sábado (17), o encontro teve como objetivo ouvir as sugestões e traçar estratégias em conjunto para atender os usuários.

O modo Acessibilidade, totalmente dedicado às pessoas com deficiência visual, já é integrado ao aplicativo SOU e todo usuário do transporte urbano pode ter acesso através da função ‘mais’ no menu principal. O objetivo é que familiares também possam acompanhar as funcionalidades e auxiliar, se necessário.

Dividido pelas opções ‘Pontos de Ônibus Próximos’, ‘Horários de Partida’ e ‘Como Chegar’, o modo acessibilidade funciona por comandos de toques do usuário, arrastes para direita ou esquerda e efetua orientações por assistente de voz.

Para o caso de pessoas com deficiência visual que já tiverem a configuração de seus próprios aparelhos – Android (Talk Back) ou iOS (Voice Over) - ativos em modo ‘acessibilidade’, o aplicativo faz uma leitura inteligente e já abre direto também nesse mesmo modo no dispositivo.

O modo acessibilidade do aplicativo SOU foi pensado para auxiliar as 2.000 pessoas com baixa visão e 500 pessoas cegas de Indaiatuba - dados indicados no Censo de 2010 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e que, segundo a ADVI, estima-se ter aumentado, acompanhando o crescimento populacional no período.


Notícias relacionadas