Relações Institucionais

 

Notícias

Prefeitura promove oficinas para discutir revisão do Plano Diretor com população

  • Publicação: 19/02/2020 08:56h
  • Redator(es): Sirlene Virgílio Bueno
  • Release N.º: 113

Foto

Foto: Arquivo RIC/PMI

A Prefeitura de Indaiatuba informa que promoverá quatro Oficinas de Bairro, com objetivo de construir de forma comunitária a visão de futuro do município, que irá subsidiar a atualização do Plano Diretor Municipal e da Lei de Uso e Ocupação do Solo. No dia 03 de março as oficinas serão realizadas na Emeb (Escola Municipal de Educação Básica) Prof. Wladimir Olivier, no Jardim Oliveira Camargo, e na Unimax - Centro Universitário Max Planck, no Jardim Pedroso. No dia 04 de março os encontros acontecerão nas Emebs Professora Maria Helena da Costa e Silva, no Parque Campo Bonito, e Professor Antonio Luiz Balaminuti, no Parque Residencial Indaiá. As quatro oficinas terão início às 18h30. A proposta é garantir a participação da sociedade civil no projeto.

Segundo o secretário de Planejamento Urbano e Engenharia, o arquiteto Rubens de Oliveira Júnior, essas duas leis são instrumentos base para a política municipal de desenvolvimento e ordenamento territorial e é muito importante a participação popular. “Por isso, a escolha dos locais para as Oficinas de Bairro foi feita de forma estratégica para atender os moradores de regiões diferentes da cidade, atendendo as regiões norte, sul, centro e oeste”, explicou.

Ao participar dos encontros, além do munícipe ter a oportunidade de se aprofundar sobre os conceitos do Plano Diretor e da Lei de Uso do Solo, ele também será convidado a debater sobre o futuro da região onde mora, considerando o planejamento previsto para os próximos dez anos.

A primeira Audiência Pública para Revisão do Plano Diretor foi realizada em dezembro de 2019, no auditório da Prefeitura. Nesta etapa do trabalho, a Secretaria de Engenharia apresentou o Diagnóstico do Município, que antecede a elaboração da Proposta Técnica. Cerca de 90 pessoas participaram do evento e as contribuições puderam ser encaminhadas pelo formulário disponível no site da Prefeitura até janeiro deste ano. O Diagnóstico Municipal está disponível para consulta na página da Engenharia no site da Prefeitura – www.indaiatuba.sp.gov.br.

A revisão do Plano Diretor deve ocorrer a cada dez anos, conforme estabelece o Art. 40 do Estatuto da Cidade e o Art. 43 do Plano Diretor vigente (Lei Complementar nº 09/2010). Os trabalhos foram iniciados em outubro do ano passado pela Prefeitura com o apoio técnico da empresa de consultoria Geo Brasilis. Uma Comissão de Acompanhamento composta por representantes das secretarias de Planejamento Urbano e Engenharia, de Obras e Vias Públicas, Habitação e Governo e o Conselho do Plano Diretor, instituído pela Portaria nº 13 de 20/01/20 irão acompanhar a elaboração das propostas.

Entre as premissas e pontos chave para a revisão estão a atualização das áreas de expansão urbana do município, respeitando o Art. 42-B do Estatuto da Cidade; formulação de diretrizes e políticas necessárias à estruturação, ao ordenamento e ao desenvolvimento sustentável dos meios urbano, rural e das indústrias; proporcionar a aprovação de um Plano ajustado à realidade do município; e propor soluções técnicas inovadoras adequadas à dinâmica urbana e territorial de Indaiatuba, com suas vocações e potencialidades, expansão urbana, conflitos de usos existentes, deficiência de infraestrutura e análise crítica do Plano e da Lei de Uso e Ocupação do Solo vigentes.

O secretário de Engenharia reforça que na fase de levantamento dos dados que compuseram o Diagnóstico, também foram realizadas algumas reuniões para buscar a participação de representantes de entidades e associações envolvidas nas questões de planejamento urbano, com destaque para a Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Indaiatuba (AEAI), o Conselho Municipal de Meio Ambiente (Comdema), Sindicato Rural, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e da Câmara Municipal, entre outros.

Plano Diretor

O Plano Diretor e a Lei de Uso e Ocupação do Solo se constituem como instrumentos básicos da política de desenvolvimento e ordenamento territorial, conforme trata o Art. 182 da Constituição Federal, regulamentado pelo e o Estatuto da Cidade (Lei Federal nº 10.257/2001).

A principal finalidade destes instrumentos é orientar o Poder Público nas ações para o desenvolvimento da cidade, e à inciativa privada quanto ao uso e ocupação dos espaços urbanos e rurais,, visando assegurar melhores condições de vida para a população.

O Plano Diretor do Município de Indaiatuba e a Lei de Uso e Ocupação do Solo estão vigentes desde 2010, instituídos pela Lei Complementar nº 09/2010 e Lei Complementar nº 10/2010, respectivamente.

Serviço

Oficinas de Bairro para Revisão do Plano Diretor

Dia 03/03/2020 às 18:30h

- Unimax - Centro Universitário Max Planck (Setor 3)

Endereço: Av. Nove de Dezembro, 460 - Jardim Pedroso

– Emeb Prof. Wladimir Olivier (Setor 4)

Endereço: Rua Yoriko Gonlçalves, 30 - Jardim Oliveira Camargo

Dia 04/03/2020 às 18:30h

- Emeb Profa. Maria Helena da Costa e Silva (Setor 1)

Endereço: R. Sapucaia, 240 - Parque Campo Bonito

- Emeb Prof. Antonio Luiz Balaminuti (Setor 2)

Endereço: R. Ricieri Delboni, 310 - Parque Residencial Indaiá


Notícias relacionadas

Av. Eng. Fábio Roberto Barnabé, 2800 - M.D. - CEP: 13331-900
Telefones: (19)3834-9000 / 0800-770-7702

© Prefeitura Municipal de Indaiatuba